15 de fevereiro de 2018



Olhando pela janela vejo o cinzento do dia, uma árvore seca e sem cor.
O cinzento ameaça chuva, aquela chuva que deixa um odor a terra molhada.
A árvore espera pacientemente pelo sol, pelo doce calor da primavera para criar folhas verdes, cheias de cor e vida.
No inverno quase tudo é triste, mas não podemos chegar à alegria da primavera sem passar por ele.
Também na há dias cinzentos, mas a esperança no amanhã dá alento para esperar por ele.
Esperança...
Há dias assim!

Sem comentários:

Enviar um comentário